terça-feira, 19 de novembro de 2013

Poeminha


Poesia miúda
Assim calada
Diminuta
                          Grita            [mais que a própria]
escrita.

2 comentários:

  1. Boa noite Rafalela.. a poesia pode ser de uma linha só... poesia sempre passa sentimentos e nos liberta para o novo se assim queremos ver.. abração e uma linda noite

    ResponderExcluir
  2. Tão lindo, tocante e agradável aos nossos olhos.
    Muito bacana Rafa.
    Beijão menina.
    Dan.

    ResponderExcluir