domingo, 27 de outubro de 2013

Ela e a liberdade

A negra - Tarsila do Amaral

Em um dia qualquer
ela ganhou um nome:
Liberdade!
Pensou se era verdade
E se deu a liberdade
de pensar
e escrever o que pensava
e fazer o que escrevia
e fez poesia.
Escolhia pra onde ia
Amou e era livre
Andou na rua e era livre
Usou “mini” e era livre
- liberdade, Palavra bonita!
Achou o significado
O contrário de sua vida
E andava com a liberdade
Qual medalha em seu peito
De memórias e vitórias feita.
Ela e a liberdade
E pensou se era verdade.

4 comentários:

  1. Linda poesia, adorei *-*'
    Conheça meus escritos também se julgar necessário:
    www.recantodasletras.com.br/autores/faniedvillers
    Estou seguindo seu blog! ^^

    Abraços,
    Stefanie O.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Rafaela.. muitos de nós escrevemos mais e mais justamente para sentir ela vibrando dentro de nós .. pelo menos eu a busco em cada verso.. abração e um lindo dia

    ResponderExcluir
  3. Ah Rafaela... Ela é livre SIM!
    A palavra é o meio de libertarmos tudo.
    Somos o que somos e tudo que poderíamos ser.
    Abraços e não deixe de me visitar, quando tiver um tempinho. Te espero sempre.

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafa, boa noite menina!

    A palavra LIBERDADE, é linda, e seu significado, deu a liberdade de criar uma poesia tão livre, e liberta.
    Abraços, e parabéns mais uma vez.

    Do amigo,
    Dan.

    ResponderExcluir