quarta-feira, 7 de agosto de 2013

O mar


Era um lugar longe, extremo, cercado de mar, lá se dançava uma dança com nome de mar, com som de grilhões e correntes que guardavam a história em pedras de uma grande casa, que ficava olhando pro mar que via os barcos passar, que tinham andorinhas que voavam acima do mar e repousavam em fios que ficavam perto do mar, que estavam acima de um amontoado de comércios onde andavam muitas pessoas, elas sorriam, choravam, brincavam, morriam na beira do mar, elas achavam o mar lindo mas não sabiam de onde ele vinha, não ouviam o que ele dizia, não sabiam onde iam parar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário